Fecho de Contas 2018: Al Ras Bluegrass & Old Time Festival

Há já algum tempo que andávamos a pressionar o nosso amigo Lluís Gómez para levar os Stonebones ao Al Ras Bluegrass & Old Time Festival, visto ser ele o organizador e o tesoureiro do evento. Mas por falta de agenda ou orçamento, tivemos de esperar uns anos até merecer um lugar no mais antigo festival de bluegrass da península ibérica. A espera terminou em Novembro passado quando estes quatro magníficos aterraram em El Prat incumbidos de mostrar o que valem aos público catalão.

O festival estendeu-se por quatro dias, de quinta a domingo, sempre em salas diferentes na zona de Barcelona e arredores. Nós tínhamos programadas duas actuações. A primeira foi na sexta feira juntamente com os The Silky Ramblers no Centro Comunitário La Sedeta. Esta sala situada bem no centro da cidade estava à pinha de gente. Nunca pensei que em Barcelona houvesse tanto público para ouvir Bluegrass numa sexta feira à noite.

45763810_2043897752336107_8207649470062526464_o

Para nosso deleite este concerto foi registado na íntegra em vídeo! Aqui fica o link do dito cujo para irem ouvindo enquanto lêem o resto do post: https://youtu.be/J57Qta0VN0Q

No sábado a seguir ao almoço lá rumámos a Mollet Del Vallès, uma povoação a 40 km de Barcelona, para tocar no Antigo Mercado Municipal onde estava montado o estaminé para uma noite repleta de concertos. O primeiro a subir ao palco foi o Toni Giménez, um guitarrista solitário que abriu as hostes com um tom calmo e introspectivo, tocando canções e modinhas do antigamente.

A_DSC_0818-600x600

Seguiram-se os Newgrass Republic Band, um conjunto mais virado para a fusão entre o folk rock dos anos 60 e 70 com o bluegrass e o old time.

B2_newgrass2

Depois foi a vez dos YerbAzul, um agrupamento musical com um plantel bastante internacional, pois conta com músicos ingleses, americanos e catalães.

C2_yerbazul3

Foi então que surgiu a maior surpresa da noite: as Bowing Girls, três encantadoras garotas que interpretam os clássicos do bluegrass com instrumentos de arco (violino, violoncelo e contrabaixo) e cantam em harmonia sem desafinar uma nota. Top!

D1_bowing2

A Barcelona Bluegrass Band é por tradição o agrupamento cicerone do Al Ras, pois no seu núcleo está Lluís Gómez, um dos organizadores do evento. Este quarteto de grandes virtuosos mostrou como se toca nas horas!

E2_bbb2

Depois da apoteose musical oferecida pela banda anterior, calhou-nos a árdua tarefa de encerrar a maratona de concertos. Lá subimos ao palco com receio de não fazer boa figura à frente de uma plateia que já mostrava alguns sinais de cansaço. Mas como é óbvio demos o nosso melhor e mostrámos ao público Catalão o que é essa coisa do Bluegrass na língua de Camões.

F1_stonebones1

E para acabar a noite em beleza, como é hábito neste tipo de festivais, todos os músicos presentes na sala subiram mais uma vez ao palco para a tradicional jam session.

H_jamfinal5

Participar no Al Ras foi uma experiência fantástica. Ficámos instalados num simpático Hostel mesmo no centro da cidade, com uma vista privilegiada para os melhores botecos e botequins. Mas acima de tudo, foi o contacto com excelentes músicos e aficionados do bluegrass que mais nos encheu as medidas. Se já tínhamos alguns amigos em Espanha, fruto de participações em outros festivais, regressamos a Portugal com mais uma mão cheia deles.

***

Mais umas palavras sobre o Al Ras Bluegrass & Old Time Festival: como já aqui foi referido, este é o mais antigo festival de roots music norte americana da Penínsola Ibérica. O festival propriamente dito acontece em Novembro, mas fazem parte da sua programação outros eventos dedicados ao ensino e promoção deste estilo de música. São eles o Bluegrass Camp, um workshop de um dia que acontece em Março e a Bluegrass Jam, que se repete quinzenalmente há mais de 10 anos! Façam uma visita ao site do Al Ras e incluam este nome no vosso roteiro de festivais de bluegrass!

http://www.alrasfestival.com/

Nota: fotos “emprestadas” do site do Al Ras…

About stonebonesandbadspaghetti

Os Stonebones & Bad Spaghetti nasceram da paixão pela música improvisada, vibrante e contagiante do Bluegrass. São a única banda de Bluegrass portuguesa (até provas em contrário)
This entry was posted in E assim foi and tagged , , , , , , , , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s